Waclaw Radecki: Propondo uma nova narrativa a um velho personagem

  • Luiz E. P. Fonseca Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumen

Waclaw Radecki é um importante personagem da história da psicologia na América do Sul, tendo fundado e gerido laboratórios de psicologia no Brasil e no Uruguai e iniciado institutos de psicologia nos dois países e também na Argentina. Autor de uma série de livros sobre psicologia e, em especial, seu sistema de discriminacionismo afetivo (até hoje apenas parcialmente compreendido), Radecki permanece um personagem cuja história é confusa em alguns pontos. Com narrativas como uma biografia na Polônia, um famoso artigo brasileiro sobra sua passagem no Brasil e poucos escritos sobre seus últimos dias no Uruguai e Argentina, este artigo se propõe a fazer uma nova nar-rativa do personagem, traçando desde sua vida na Polônia em 1887 até seu falecimento em 1953, no Uruguai, tentando elucidar pontos obscuros nos textos atuais, verificar datas e responder a perguntas ainda sem resposta, como o motivo de sua vinda para o Brasil, seu translado conturbado para o Uruguai e Argentina e seus últimos dias como chefe da escola do discriminacionismo afetivo. O artigo propõe uma narrativa histórica nova sobre Radecki com base em novas fontes, como documentos, livros e jornais ainda não explorados pelos historiadores da psicolo-gia sul-americana.
Palabras clave Waclaw Radecki, história da psicologia, América do Sul
Compartir
Cómo citar
Fonseca, L. (2019). Waclaw Radecki: Propondo uma nova narrativa a um velho personagem. Revista de Psicología, 27(2), pp 1-12. doi:10.5354/0719-0581.2019.52312
Sección
Sección Temática: Historia de la Psicología
Publicado
2019-03-12